Autor diz que ainda não sabe quem será namorado de Roni em 'Avenida Brasil'

O jogador de futebol já foi apontado como "affair" de Sidney, irmão de Tessália.

Por Luiza Souto

Roni (Daniel Rocha) discute com o pai, Diógenes (Otávio Augusto) em cena da novela 'Avenida Brasil', da Globo (Foto: Matheus Cabral/TV Globo)Roni (Daniel Rocha) discute com o pai, Diógenes (Otávio Augusto) em cena da novela 'Avenida Brasil', da Globo (Foto: Matheus Cabral/TV Globo)
Apesar das especulações, o personagem Roni (Daniel Rocha) ainda não tem par romântico definido em "Avenida Brasil" (Globo).

O jogador de futebol, cuja sexualidade é alvo de especulação, já foi apontado como "affair" de Sidney (Felipe Titto), o irmão bonitão de Tessália (Débora Nascimento), ou mesmo do amigo Leandro (Thiago Martins), com quem implica por viver correndo atrás de Suellen (Ísis Valverde).

"Posso dizer que tudo o que saiu é especulação", contou o autor João Emanuel Carneiro, 42.

Ele confirmou, no entanto, que Roni passará por apuros para ser aceito pelo pai, Diógenes (Otávio Augusto), enquanto descobre a própria sexualidade.

"Roni enfrentará dilemas sobre a sua sexualidade, pois Diógenes não consegue enxergar quem é o filho de verdade", explicou. "A chegada da mãe do rapaz vai complicar ainda mais sua vida."

A mãe do Roni será Dolores, uma evangélica que é ex-atriz de filme pornô, interpretada por Paula Burlamaqui, 45.

Homofobia
João Emanuel diz que, apesar de já ter sido bastante explorado em novelas, o tema ainda levanta polêmica.

"Vivemos em uma sociedade bastante conservadora", disse. "Acredito que isso se reflita na tevê."

Já Daniel, 21, diz estar feliz de ajudar a dar visibilidade ao tema.

"Infelizmente ainda existe [homofobia]", afirmou. "As pessoas precisam se conscientizar que é apenas uma opção sexual, que são pessoas íntegras como qualquer outra."
 
Encontre-nos no Google+