Carioca de Nova Iguaçu sonha com vaga de dançarina transexual de Valesca Popozuda

Do Gay1 Entretenimento

Marcelly Morena (Foto: Divulgação)Marcelly Morena (Foto: Divulgação)
A carioca Marcelly Morena, de 26 anos, quer o título de dançarina transexual de Valesca Popozuda. Moradora de Nova Iguaçu, ela é produtora de funk e diz que vai jogar com todas as armas para realizar o sonho de dançar ao lado de seu ídolo.

"Quando o concurso foi divulgado minha mãe e todos os meus amigos começaram a me ligar dizendo que eu tinha que me inscrever, pois tinha tudo a ver comigo. Danço desde pequena e sempre faço sucesso nos bailes" conta Marcelly, transexual desde os 17 anos.

Para entrar com tudo na disputa, a carioca caprichou na produção das fotos e dos modelitos. Com a ajuda de um amigo, realizou a inscrição pela internet nesta segunda-feira.

"Sou muito fã da Valesca, sei dançar e cantar todas as músicas e sempre sonhei poder estar ao lado dela no palco. Essa oportunidade que a Valesca está dando é demais" sonha Marcelly.

Desde que decidiu se inscrever, ela vem intensificando a malhação e os ensaios de dança. O corpo de 1,74 de altura, 82 quilos (”por causa do hormônios”, justifica), o bumbum de 108 cm e a coxa de 67, fazem Marcelly acreditar que ela não perde em nada para as mulheres de verdade.

"Sou transex, mas posso ficar igual ao corpo da Valesca. Quando eu passo na rua, os homens e as mulheres mexem comigo, me chamam de gostosa. Ninguém diz que eu sou transex" revela Marcelly, prometendo entrar com tudo na disputa "Estou me dedicando totalmente. Entrei nessa para ganhar".

Valesca Popozuda abriu inscrições para escolher uma dançarina transexual que vai acompanhá-la nos shows. Cinco candidatas serão escolhidas para a fase final, que será disputada na TV.

 
Encontre-nos no Google+