Escuta Diversa articula rede de apoio a população LGBT do DF

Do Grupo Elos LGBT
Primeira reunião ampliada do Escuta Diversa (Foto: Divulgação/Elos)Primeira reunião ampliada do Escuta Diversa
(Foto: Divulgação/Elos)
Na tarde desta última segunda-feira, 28 de maio, o Núcleo Escuta Diversa realizado em parceria pela ONG Elos LGBT do Distrito Federal, o UniCEUB e a UniSABER, reuniu representantes de secretarias e coordenações do governo do Distrito Federal, universidades e a sociedade civil organizada.

A primeira reunião ampliada do Escuta Diversa, teve como principal objetivo apresentar as propostas do Núcleo, entre elas, articular uma rede de apoio qualificada à população LGBT no DF, para evitar que lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, sofram novamente a violência homofóbica em sua busca individual por ajuda.

O Escuta Diversa com um mês de atuação conta com apoio de estudantes e profissionais formados de psicologia e assistência social do UniCeub e da Faculdade Unisaber. Coordenados pela psicóloga Tatiana Lionço e o assistente social Ricardo Soares a ação vai para além da pesquisa, acompanhamento e encaminhamento, visa também qualificar profissionais no atendimento a LGBTs.

O Gerente da Gerência de DST/Aids e hepatites virais da secretaria de saúde do DF, Luiz Fernando participou da reunião e se mostrou favorável a iniciativa contribuindo com informações valiosas a respeito do enfrentamento da epidemia de HIV/Aids entre gays, HSH e travestis. Fernando ficou responsável de socializar informações sobre o andamento do Plano de Enfrentamento a Aids entre gays, HSH e travesti, para que possamos debater e articular ações conjuntas.

Marta Ramalho e Robson Cândido da Coordenação de Diversidade Sexual da SEJUS/DF e Lenne Evangelista do Conselho de Diversidade Sexual da SEJUS/DF apresentaram para os participantes as iniciativas que já começam a ser trabalhadas por esses setores. Um dos pontos citados é dos encaminhamento jurídicos para a criação por meio de publicação no Diário Oficial do DF, da Coordenação e do Conselho de Diversidade Sexual. Outro ponto levantado é do envolvimento de outras áreas da SEJUS, como exemplo, a GETP - Gerência de Enfrentamento ao tráfico de pessoas para participarem das reuniões do grupo, a fim de envolver a gerência e qualificá-la para o atendimento principalmente a travestis e transexuais.

O Núcleo Escuta Diversa é aberto para atendimento e encaminhamento aos sábados, das 14h às 15h30 e nas segundas-feiras das 14h às 17h.

Todas as pessoas que tenham interesse em contribuir para a construção de uma sociedade livre de preconceitos e discriminações são bem vindas para ajudarem na articulação da nossa rede de apoio.

A próxima reunião ampliada do Escuta Diversa acontecerá dia 18 de junho, às 14h30, na sede da Elos no SDS - Ed. Eldorado, Sl. 412, Brasília/DF [ portaria ao lado do café Eldorado].

 
Encontre-nos no Google+