Avenida Brasil: Olheiro de futebol se recusa a contratar Roni por ele ser gay

Do Gay1 Entretenimento

Roni vira a estrela da partida e é enaltecido pelos amigos do bairro do Divino (Foto: Divulgação/TV Globo)Roni vira a estrela da partida e é enaltecido pelos amigos do bairro do Divino (Foto: Divulgação/TV Globo)
O jogador de futebol Roni (Daniel Rocha) de “Avenida Brasil” conquista a vitória do Divino F.C. com um golaço e é visto por um olheiro durante a partida. Enquanto o pessoal do bairro comemora a vitória, o pai do garoto, Diógenes (Otávio Augusto), quer saber a proposta do empresário. Só que o caça-talentos Tavinho diz que o clube não pode contratar o jogador por ele ser gay. A cena deve ir ao ar no dia 3 de julho

Depois de ter garantido a vitória do time, Roni vira a estrela da partida e é enaltecido pelos amigos do bairro do Divino. Leandro (Thiago Martins) fica enciumado porque também participou do gol. O artilheiro diz que o gol só saiu pela a ajuda do companheiro. Só que ninguém dá atenção para Roni e continuam festejando.

Enquanto isso, Diógenes diz para Roni que vai conversar com o olheiro Tavinho. “Ele tá lá confabulando com o secretário dele. Tô sentindo que vem aí uma proposta pra você, filho! Te prepara!”, comemora.

Diógenes quer saber a posição do olheiro, mas ele desconversa e diz que o garoto não poderá ser contratado pelo time porque não se enquadra no perfil.

DIÓGENES — Não se enquadra no perfil? Do que é que você tá falando? Você acabou de ver meu filho jogar, adorou... quê que tá pegando, não tô entendendo...
TAVINHO — Ô Diógenes, melhor a gente terminar essa conversa por aqui...
DIÓGENES — Não senhor! De jeito nenhum! Eu quero saber! Qual é problema com o meu filho?
TAVINHO — Sério, você não vai gostar do que eu vou te dizer...
DIÓGENES — Você não entendeu, idiota, você só sai daqui quando me disser o que é que a cobrinha do seu secretário andou falando do meu filho!
TAVINHO — Diógenes, o clube que ia comprar o passe do Roni é um ambiente familiar, não pode ter nenhum jogador que é diferente lá, entende?
DIÓGENES — Diferente como, estafêrmo, do que é que você tá falando?
TAVINHO — Teu filho não anda com mulher. Se não anda com mulher anda com o quê? Com homem! Time nenhum vai querer ter um gay no vestiário com os outros caras!

Diógenes fica revoltado e começa uma briga com o olheiro. Ele dá um soco na cara do caça-talentos e eles travam um embate. “Eu vou fazer você engolir uma a uma essas suas palavras, animal! Você vai beijar esses azulejos!”, grita o pai de Roni.
 
Encontre-nos no Google+