Comediante pede a prisão de Ricky Martin por criar filhos em uma família homoafetiva

O venezuelano Carlos Sicilia criticou duramente o cantor pelo Twitter.

Por Kaio Teles

Advogados de Carlos Sicilia foram obrigados a dizer que a conta tinha sido hackeada (Foto: Divulgação)Advogados de Carlos Sicilia foram obrigados a dizer que a conta tinha sido hackeada (Foto: Divulgação)
O humorista venezuelano Carlos Sicilia (foto) causou polêmica esta semana, ao acusar, através do Twitter, o cantor Ricky Martin de ser um criminoso por criar seus filhos em uma família homoafetiva.

"Prisão já para Ricky Martin e seu companheiro, e para todos os casais gays que obriguem uma criança a ser criada desse modo. Prisão já! Forçar crianças a viver isso é criminoso. Ninguém consultou os filhos de Ricky Martin para saber se eles queriam ter pais gays. Ricky e seu namorado deveriam ir presos", publicou ele, em seu espaço virtual.

O astro porto-riquenho não caiu nas provocações e se limitou a publicar em seu perfil: "Se é orgulhoso, recomendo que ame a solidão, os orgulhosos sempre ficam sozinhos".

Embora não se saiba se as palavras de Ricky foram dirigidas a Sicilia, o intérprete se mantém oficialmente afastado do debate após as palavras do famoso comediante daquele país.

Os comentários homofóbicos causaram ao humorista o fechamento temporário de sua conta, e a ameaça de ser despedido da emissora para a qual trabalha, porém, mais tarde seus advogados foram obrigados a dizer que a conta tinha sido hackeada.

Você acredita? Comenta!
 
Encontre-nos no Google+