Estudo diz que torcedores britânicos apoiariam jogadores de futebol gays

Na pesquisa, 93% disseram que o que importa é o desempenho em campo.
Segundo autores, tabu é mantido por dirigentes e empresários.


Do Gay1 Esporte
Estudo diz que torcedores britânicos apoiariam jogadores de futebol gays (Foto: Getty Images)Estudo diz que torcedores britânicos apoiariam
jogadores de futebol gays (Foto: Getty Images)
Dentro de um universo de mais de 500 mil jogadores profissionais de futebol em todo o mundo, LGBTs assumidos são raros. O lugar-comum tende a culpar torcedores, mas uma pesquisa publicada nesta quinta-feira (31) contraria essa suposta homofobia.

O estudo feito no Reino Unido e publicado pelo “British Journal of Sociology” apontou que quem impede os jogadores de saírem do armário são, na verdade, os empresários e os clubes, que temem que a imagem do atleta seja prejudicada.

Os torcedores, segundo a pesquisa, estão mais preocupados com o que o jogador faz dentro das quatro linhas do que com o que ele faz entre quatro paredes. Cerca de 3,5 mil torcedores foram entrevistados, e 93% afirmaram que são contra a homofobia e que apoiariam jogadores assumidamente gays.

Vale ressaltar que a pesquisa se baseou no Reino Unido. Embora haja entrevistados de 35 nacionalidades diferentes, 85% deles torcem por clubes britânicos. Ao todo, 83% dos participantes são do sexo masculino.

“Os torcedores culpam empresários que têm medo de perder suas comissões e clubes conservadores que desejam manter o status quo. É o mercado que controla o futebol que proíbe os jogadores gays de saírem do armário”, concluiu o autor Jamie Cleland, da Universidade de Staffordshire.

 
Encontre-nos no Google+