Finalista do concurso transex de Valesca Popozuda diz que engana muito homens

Do Gay1 Entretenimento

Miquelly Pasqualotto e a primeira finalista do concurso (Foto: Divulgação)Miquelly Pasqualotto e a primeira finalista do concurso (Foto: Divulgação)

Miquelly Pasqualotto e a primeira finalista do concurso (Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)
Miquelly Pasqualotto tem 28 anos, é gaúcha e a primeira finalista do concurso dançarina transexual de Valesca Popozuda. Dançarina profissional, ela trabalha de segunda a sexta-feira como secretária executiva e nos fins de semana faz shows em boates de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Mas o seu maior sonho é dançar ao lado da funkeira.

“Fui incentivada pelos amigos a participar e entrei no concurso para ganhar”, diz Miquelly, transexual desde os 20 anos e que há dois passou por uma cirurgia de redefinição sexual.

Por onde passa, Miquelly garante que engana muitos marmanjos, que nem imaginam que ela é uma transexual. “Recebo muitas cantadas nas ruas e no Facebook. Quem não sabe, não acredita que sou transex. Até a Valesca se surpreendeu. No encontro que tive com a Gaiola das Popozudas no domingo, ela custou acreditar e ficou muito surpresa”, conta a dançarina, que está solteira.


 
Encontre-nos no Google+