Valesca Popozuda é coroada madrinha da Parada LGBT de SP

Com transparência, a funqueira ganha beijo de fã no bumbum e esteve em uma boate de São Paulo para ser coroada madrinha da Parada LGBT.

Do Gay1 SP
Valesca Popuza na boate Bubu, onde foi coroada madrinha da Parada LGBT de São Paulo (Foto: Felipe Abílio)Valesca Popuza na boate Bubu, onde foi coroada madrinha da Parada LGBT de São Paulo (Foto: Felipe Abílio)
Valesca Popozuda escolheu um look transparente e decotado para o show na boate Bubu, em São Paulo, na madrugada deste domingo, 10, no qual foi coroada madrinha da Parada do Orgulho LGBT da capital paulista.

Sempre simpática, Valesca deixou um fã dar um beijinho em seu bumbum no camarim.

"É uma emoção muito grande (ser madrinha da Parada de São Paulo)! Já sou madrinha da parada gay de Madureira (RJ) há quatro anos. É a maior parada gay do mundo e eu nunca fui. Estrear como madrinha é uma honra."

Nos bastidores do show, a funqueira falou sobre sua nova música "Sou Gay", dedicada ao público LGBT. "No fim do ano, vou gravar um DVD pra o público LGBT e essa música com o David Brazil vai entrar, mas teremos outras."

A cantora, que é mãe de um menino pré-adolescente, também falou que encararia numa boa caso o filho fosse gay. "Iria dar total apoio. Luto pelo o que acredito. Luto contra a homofobia e o que eles (LGBT) precisarem, a Valesca esta aqui!"

Valesca Popuza ganha beijo de fã no bumbum em bastidor de show (Foto: Felipe Abílio)Valesca Popuza ganha beijo de fã no bumbum em bastidor de show (Foto: Felipe Abílio)
Valesca também falou sobre a seleção que está fazendo para escolher uma dançarina transexual para o grupo que a acompanha, a Gaiola das Popozudas. "Foi uma loucura, recebemos mais de três mil emails. A princípio era só para uma participação, mas agora a escolhida vai ser contratada para ficar com a gente. O Gaiola vai ter uma dançarina transexual."

 
Encontre-nos no Google+