Mãe de Brad Pitt envia carta anti-LGBT e anti-Obama para jornal

Do Gay1 Entretenimento

Brad Pitt e sua mãe Jane Etta (Foto: Getty Images)Brad Pitt e sua mãe Jane Etta (Foto: Getty Images)
A mãe do ator Brad Pitt, Jane Pitt, enviou uma carta ao jornal “The Springfield News-Leader”, do estado de Missouri, criticando o presidente Barack Obama por ser liberal e a favor do casamento igualitário. O editor do jornal confirma que a autora é mesmo a mãe do ator com uma nota ao fim da publicação.

A carta enviada por Jane Pitt é uma resposta à outra publicada pelo jornal, em que um leitor fala sobre o direito dos cristãos em não votarem no candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Mitt Romney, por ele ser mórmon.

“Acho que qualquer cristão deveria passar muito tempo rezando, antes de se recusar a votar por um homem de família com altos valores morais, com experiência nos negócios, e que é contra o aborto, e compartilha com as convicções cristãs sobre a homossexualidade apenas porque é mórmon”, diz a mãe de Pitt na carta.

“Qualquer cristão que não vota está dando um voto ao adversário de Romney, Barack Hussein Obama – um homem que frequentou a igreja de Jeremiah Wright durante anos, não realizou uma cerimônia pública para marcar o Dia Nacional da Oração, e é um liberal que apoia o assassinato de bebês em gestação e o casamento entre pessoas do mesmo sexo”, continua Jane Pitt.

Brad Pitt é conhecido por defender o direito de LGBTs e apoiou Barack Obama na época de sua candidatura à presidência. Apesar de ter anunciado seu noivado com Angelina Jolie em abril, o ator disse durante uma entrevista a Ellen DeGeneres que os dois só se casariam “quando todos no país tivessem o direito de se casar”.
 
Encontre-nos no Google+