Ação Lésbica lança campanha virtual para falar de lesbofobia e violência no DF

O objetivo é informar as pessoas sobre as diversas formas de abuso que pode haver entre meninas que curtem meninas e alertar sobre a violência entre lésbicas.

Da Assessoria de Comunicação
Festa AS MINA PIRA com participações de artistas da cidade (Foto: Nambir Kaur/Reprodução/Facebook)Festa AS MINA PIRA com participações de artistas da cidade (Foto: Nambir Kaur/Reprodução/Facebook)
A 8ª Ação Lésbica do DF lança campanha virtual sobre o Consenso Sexual entre Lésbicas. O objetivo é informar as pessoas sobre as diversas formas de abuso que pode haver entre meninas que curtem meninas e alertar sobre a lesbofobia. Ao todo são três artes que revelam algumas das falsas ideias que podem haver nesta relação.

Todas as informações foram retiradas da pesquisa Lei Maria da Penha (LMP) em casos de lesbofobia, da ONG Coturno de Vênus, e da cartilha Consenso Sexual para Jovens Lésbicas do Portal Quitéria de Elisa Gargiulo e Geisa França.

A campanha faz parte de uma série de ações e atividades promovidas no mês de agosto e que será finalizado no dia 26, durante a Caminhada Lésbica. Na ocasião haverá Feira de Artesanato, roda de conversa e lançamento de cartilha. A concentração acontece no estacionamento das entre quadras 502/503 sul a partir das 14h.

Festas e Sarau
Durante todo o fim de semana têm acontecido momentos de celebração promovidos pelas organizadoras. Neste sábado (18) acontecerá o Sarau/Ocupação na passagem subterrânea da 203 norte, a partir das 21h.

No dia 05 e 08 de agosto aconteceu a festa AS MINA PIRA, no Balaio Café, onde foram vendidas blusas e comidas veganas. Na ocasião, artistas da cidade puderam se apresentar, como: Michelle Lara, Letícia Fialho, Pricila Pit, Michelle Nogueira, Andreia Augusta e DJ Paty Merenda.

 
Encontre-nos no Google+