Parada do Orgulho LGBT reúne 15 mil na Via Light, em Nova Iguaçu

Por Eletícia Quintão
Dakota Cochrane lutador TUF (Foto: Divulgação)Cerca de dez mil pessoas, segundo o 20º BPM (Mesquita), foram para as ruas fortalecer o movimento contra a homofobia (Foto: Eletícia Quintão)
A nona edição da Parada do Orgulho LGBT de Nova Iguaçu parou a Via Light na tarde deste domingo. Cerca de 15 mil pessoas, segundo o 20º BPM (Mesquita), foram para as ruas fortalecer o movimento contra a homofobia. O percurso de dois quilômetros deu um nó no trânsito e o congestionamento chegou até Mesquita.

A manifestação da diversidade este ano teve como tema a luta contra a exploração e o abuso sexual contra crianças e adolescentes. De acordo com a produtora cultural Cristiane de Oliveira, a parada fortalece o movimento LGBT e ajuda a combater a homofobia:

— Os homossexuais são seres humanos e precisam de respeito, independente da opção(sic) sexual que seguiram.

Dois trios elétricos animaram o evento. Entre eles a travesti Fabby Blanche, que há 2 anos apresenta a parada de Nova Iguaçu:

— A nossa luta é por direitos iguais. A gente vê tanta travesti cheio de talento que não consegue emprego por pura discriminação — comentou Blanche.

Para o presidente da Associação de Gays e Amigos de Nova Iguaçu e Mesquita (Aganim), Neno Ferreira, a iniciativa sempre é um sucesso e chama a atenção para a homofobia.

— A população precisa voltar o olhar para o tema. O homossexual da Baixada sofre bastante preconceito e morre com frequência, vítima da violência. Isso precisa acabar — desabafa.

A dançarina Marcelly Morena acrescenta:

— É a melhor parada da região e se tornou uma forma de mostrarmos que somos muitos. A população precisa acordar e acabar de vez com o preconceito e a violência contra gays, lésbicas e travestis — afirmou Marcelly.

Os amigos Marcio Teixeira, de 33 anos, e Marcio Menezes, de 35, foram pela 5ª vez à parada LGBT de Nova Iguaçu e concordam:

— No Rio, depois da parada de Copacabana, esta aqui é a melhor.

O evento, que passou a fazer parte do calendário oficial de Nova Iguaçu, foi animado com shows de gogo boy e drag queens.

 
Encontre-nos no Google+