Piracicaba, SP, estrutura eleição para criar Conselho da Diversidade Sexual

Prefeitura divulgou edital de inscrições ao conselho, que terá 20 membros.
Para secretário, mecanismo irá aproximar grupos LGBTs do poder público.


Do Gay1 SP
Eleição para o conselho será no Centro Cívico no dia 29 de setembro (Foto: Suzana Amyuni)Eleição para o conselho será no Centro Cívico no dia 29 de setembro (Foto: Suzana Amyuni)
A Prefeitura de Piracicaba (SP) divulgou edital de inscrições para a eleição do Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual (CMADS). Poder público e sociedade civil vão dividir o controle do conselho, com 10 membros cada um (cinco titulares e cinco suplentes). As inscrições estão abertas até 14 de setembro e a documentação exigida deve ser entregue na Secretaria de Governo. A assembleia de eleição está marcada para 29 de setembro às 9h no Centro Cívico.

Cada membro da sociedade civil irá representar um segmento do movimento LGBT. Haverá gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais. Pelo poder público, os eleitos deverão fazer parte das secretarias da Ação Cultural, Saúde, Educação, Desenvolvimento Social e Governo e serão indicados pelo titular de cada Pasta.

O interessado da sociedade civil deve encaminhar nome completo e nome social, endereço completo, telefone, número de documento de identidade, e-mail (se houver) e para qual segmento está se inscrevendo, além de indicar se pretende concorrer como membro efetivo ou suplente.

Aproximação
Para o secretário de Governo, José Antônio de Godoy, o conselho servirá para aproximar os grupos LGBTs do poder público. "Esse conselho é importante porque é uma forma do poder público se aproximar da sociedade civil para discutir assuntos pertinentes à comunidade e chegar ao melhor caminho em todos os setores. Para que essa interação funcione, é fundamental que os representantes de todos os segmentos participem e apresentem suas propostas", disse.

 
Encontre-nos no Google+