“Eu me retraí tanto que tive Síndrome do Pânico” diz Thammy Miranda sobre sair do armário

Em entrevista ao jornal O Dia, atriz fala sobre a época que se assumiu lésbica.

Do Gay1 Entretenimento

Thammy Miranda caracterizada como a escrivã Jô de 'Salve Jorge' (Foto: Divulgação/TV Globo)Thammy Miranda caracterizada como a escrivã Jô de 'Salve Jorge' (Foto: Divulgação/TV Globo)
Thammy Miranda falou ao jornal “O Dia” sobre as dificuldades que enfrentou ao assumir-sua sexualidade. “Me retraí tanto que tive Síndrome do Pânico. Passei três meses sem sair de casa. Nem no banheiro eu ia sozinha. Para tomar banho, minha empregada tinha que ficar na porta me esperando. Você sente um pavor que não sabe de onde vem, só tem certeza que vai morrer”, explica a atriz, que será a policial civil Joyce, em “Salve Jorge”, próxima novela das 9, que estreia no dia 22.

Para a personagem Thammy precisou emagrecer seis quilos e ainda planeja perder mais quatro e aprendeu a atirar. Em sua estreia em novelas, ela se mostra bastante exigente. “Se ficar muito ruim, acabou. Sou virginiana, se não fizer bem feito na primeira, aí fica difícil continuar. A Glória (Perez, autora da novela) também poderia me ‘matar’”.
 
Encontre-nos no Google+