Samambaia, DF, tem caminhada contra a homofobia no domingo

Concentração será às 14h no estacionamento da Feira Permanente.
Organização pede para que participantes levem cartazes, faixas e bandeiras.


Do Gay1 DF
Em fevereiro deste ano, um jovem foi agredido e roubado por ser gay na cidade (Foto: Reprodução)Em fevereiro deste ano, um jovem foi agredido e roubado por ser gay na cidade (Foto: Reprodução)
No próximo domingo (14), Samambaia Norte terá caminha contra a homofobia às 14 horas no estacionamento da Feira Permanente da Quadra 202.

Segundo organização, Samambaia é uma das Cidades com o maior índice de crimes com motivação por orientação sexual ou identidade de gênero. Em fevereiro deste ano, um jovem foi agredido e roubado por ser gay na cidade. Walison levou sete pontos na cabeça e ficou com marcas nos braços e costas, quatro homens foram identificados e vão responder por lesão corporal em liberdade.

Para Paulinho Robinson, a caminhada tem uma importância de "chamar a atenção da sociedade para conscientização de direitos LGBTs e ao mesmo tempo combater todo e qualquer tipo de discriminação e preconceito".

"Chamar a atenção das autoridades no sentido de equiparação de direitos, uma vez que também pagamos todos os tributos, somos cidadãos comuns e queremos igualdade e dignidade humana. Só assim teremos uma sociedade justa e solidaria" frisa Robinson ao Gay1.

Segundo Elker Barros, militante e organizador do evento, a caminhada terá trio elétrico e pede para os participantes que levem cartazes, faixas e bandeiras.

"A caminhada não será apenas um trio tocando músicas, e sim protesto contra a homofobia na região de Samambaia. Espero que todos compareçam e tragam cartazes, faixas com frase de repúdio a impunidade que insiste em prevalecer no Distrito Federal" diz Barros em sua página do Facebook.

Evento é realizada pelo MCH (Movimento Contra a Homofobia) e tem apoio do Portal Gay1 DF, Administração Regional de Samambaia, Festa do Marcos e parceria de Paulinho Robinson.

 
Encontre-nos no Google+