Realizado primeiro casamento homoafetivo do Médio Mearim, no Maranhão

Cerimônia foi presidida por um juiz de paz, no Fórum de Justiça de Bacabal.
Júlio Pereira e Gilmar Silva Berroto já viviam juntos há 19 anos.

Realizado primeiro casamento homoafetivo do Médio Mearim, no Maranhão
Do Gay1, com informações e vídeo da TV Mirante

Moradores de Bacabal, no Maranhão, assistiram ao primeiro casamento homoafetivo da região do Médio Mearim. O estudante Júlio Pereira, de 38 anos, e o lavrador Gilmar Silva Berroto, de 42 anos, trocaram alianças e formalizaram a união no salão do Júri do Fórum de Justiça do município.

“É o reconhecimento de uma união estável. Por decisão do Supremo Tribunal Federal é possível transformar a união estável em casamento. E em Bacabal, através de um pedido da Defensoria Pública Estadual, hoje está sendo oficializado o casamento entre duas pessoas do sexo masculino”, explicou juiz de paz, Raimundo Nonato Ferreira.

A cerimônia reuniu amigos e convidados do casal, que já mora junto há 19 anos. “Estou muito satisfeita. O importante é a felicidade dele”, disse Maria Joana Ferreira, mãe de Gilmar.

De acordo com o presidente do grupo Flor de Bacabal, Márcio Jânio, a realização do casamento foi fruto de um trabalho de diálogo com toda a comunidade. “Para a gente chegar a esse casamento, começamos a realização do trabalho desde o dia 29 de agosto, sensibilizando a população, indo nas escolas, nos povoados. Isso é um grande avanço para a gente”, explicou.

Segundo Gilmar, o enlace significa muito mais que a troca de que uma conquista dos dois. “Isso é um meio da gente quebrar o preconceito no Brasil inteiro, porque muitas vezes os gays são muito discriminados. Isso é uma coisa que tem que acabar. Ainda existe preconceito tanto da sociedade em geral, quanto da parte familiar”.

 
Encontre-nos no Google+