Áudio: Comitê estuda a criação de ambulatório para público LGBT no Paraná



O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, instituiu terça-feira, com a presença de lideranças LGBT, o Comitê Técnico de Trabalho para discutir a implementação do Ambulatório voltado ao atendimento ao público LGBT, sobretudo para transsexuais e travestis. O comitê é composto por membros da Secretaria da Saúde e de entidades da sociedade civil. Michele Caputo Neto disse que a secretaria conta com o apoio das instituições para formular um projeto nesta área, em conformidade com as políticas nacionais de saúde e direitos humanos. Ele destacou que a assistência a essa população ainda carece de atenção e investimento. O centro de referência, cuja localização ainda não está definida, deverá prestar atendimento integral ao paciente, levando em conta as particularidades e doenças que mais atingem esse público. Exames e testes rápidos também serão ofertados. Além disso, o Estado vai estudar uma forma de capacitação dos profissionais de saúde dos municípios para prestar assistência adequada ao público LGBT nas unidades básicas de saúde. De acordo com Carla Amaral, representante do Grupo Marcela Prado, é preciso eliminar o preconceito nos serviços de saúde. (Repórter: Juliane Silva)

 
Encontre-nos no Google+