Cartão SUS vai ter nome social de travestis e transexuais

Da Agência Brasil
Marcelly Malta Schwarzbold, 60 anos, conquista mudança de nome na certidão de nascimento (Foto: Arquivo)Marcelly Malta Schwarzbold, 60 anos, conquista mudança de nome na certidão de nascimento
(Foto: Arquivo)
Em apoio ao Dia da Visibilidade Trans, marcado para terça (29), o Ministério da Saúde anunciou que travestis e transexuais poderão usar o nome social no cartão SUS. Para o governo, esta é uma forma de reconhecer a identidade de gênero.

O ministério criou um cartaz que será distribuído aos profissionais de saúde, para reforçar o direito ao uso do nome social. A ideia é promover o acesso digno nos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República lançaram uma campanha de combate à violência contra travestis e transexuais por meio do Disque 100, que é um serviço de denúncia de atos de violência.

 
Encontre-nos no Google+