Jogador de beisebol diz que ficaria 'desconfortável' com colega gay

Do Terra
Torii Hunter afirmou em seu Twitter que foi 'mal interpretado' nas declarações (Foto: Getty Images )Torii Hunter afirmou em seu Twitter que foi 'mal interpretado' nas declarações (Foto: Getty Images )
O jogador de beisebol Torii Hunter, do Detroit Tigers, causou polêmica ao declarar que se sentiria "desconfortável" caso um companheiro de time admitisse publicamente ser homossexual. Em entrevista ao jornal Los Angeles Times, o americano disse que sua formação cristã impede que ele aceite o fato como "correto".

"Para mim, como um cristão, será desconfortável, porque em todos os meus ensinamentos e meu aprendizado bíblico, isso não está certo. Seria difícil", afirmou o atleta de 37 anos.

Hunter já havia dado declarações controversas há dois anos, quando chamou jogadores latinos de pele escura de "impostores", por supostamente tomarem os lugares de jogadores negros na liga americana de beisebol. "O pensamento é: 'por que eu deveria pagar 5 milhões por esse garoto de Chicago se posso comprar um cara dominicano por um saco de batatas?'", afirmou o jogador à época.

Em seu Twitter, Hunter se defendeu dizendo que foi mal interpretado, e que suas declarações foram tomadas "fora de contexto". O atleta disse que "respeita todo ser humano, independente de raça, cor ou orientação sexual" e que ser retratado como "anti-gay" não condiz com a verdade.

 
Encontre-nos no Google+