José de Abreu fica indignado com a homofobia e entra na defesa de LGBTs: ‘Está tudo virando um absurdo’

Ator mostrou ser um homem livre de qualquer preconceito.

Do Gay1 Entretenimento

José de Abreu vai lutar pelas crianças e por LGBTs  (Foto: Reprodução/TV Globo)José de Abreu vai lutar pelas crianças e por LGBTs (Foto: Reprodução/TV Globo)
Depois de desabafar em seu Twitter, José de Abreu conversou com o site EXTRA e deixou claro que está decidido a lutar pelos direitos de crianças, lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. “Vou entrar sério nessa batalha judicial. Agora, mataram e estupraram uma criança de dois anos. Está tudo virando um absurdo”, revolta-se o ator.

Ontem, no Twitter, um indignado José de Abreu expôs publicamente sua vida afetiva para falar do assunto: “Em 1989, me apaixonei por uma bi. Ficamos juntos e resolvemos "tentar". Durou 9 anos nossa relação. Seu último namoro tinha sido uma mulher”.

Bem esclarecido, Zé, o Nilo de "Avenida Brasil", se despede de preconceito: "Eu me relaciono com pessoas, não com rótulos: gay, homo, hétero, sexualidade, sexualismo, opção sexual, tô andando. Se há amor ou tesão, foi".

O engajado ator também disse que está estudando sobre o assunto: "Quero ampliar a Lei Maria da Penha".
 
Encontre-nos no Google+