Madalena, vereadora travesti de Piracicaba que passou mal diz ter câncer de próstata

Madalena afirmou que os remédios provocaram indisposição durante posse.
Consulta marcada para o dia 15 servirá para reavaliar seu estado de saúde.


Do Gay1 SP
Madalena, vereadora travesti de Piracicaba que passou mal, anunciou ter câncer (Foto: Fernanda Zanetti)Madalena, vereadora travesti de Piracicaba que passou mal, anunciou ter câncer (Foto: Fernanda Zanetti)
Em coletiva de imprensa na Câmara de Piracicaba (SP) no início da noite de quarta-feira (2), a vereadora Madalena (PSDB), de 57 anos, anunciou que está em tratamento médico contra um câncer na próstata, diagnosticado durante a campanha eleitoral.

Madalena atua como líder de bairro e é conhecida na cidade por ser uma travesti. Madalena passou mal durante a cerimônia de posse, na terça-feira (1º), e precisou de atendimento médico.

A assessoria da parlamentar informou que a indisposição está relacionada ao uso do remédio prescrito pelo médico. No dia da posse, Madalena foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até o pronto-socorro do Piracicamirim, onde ficou sob observação.

“Eu sempre vou ao médico e pedi para o clínico do posto uma bateria de exames, que não deram nada. Em outra ocasião, voltei e o médico me encaminhou para o Centro de Especialidades, localizado atrás do Mercado Municipal. Foi lá que diagnosticaram a minha doença”, contou Madalena.

Segundo o assessor da vereadora, Felipe Bicudo, o tumor está sendo combatido com medicamentos. “No dia 15 de janeiro ela voltará ao médico. Se for necessário, o médico pode indicar outros tratamentos. O último procedimento pode ser uma cirurgia."

 
Encontre-nos no Google+