Poeta hispânico gay recitará na posse de Obama, Beyoncé cantará

France Presse
Nascido na Espanha há 44 anos, Richard Blanco imigrou junto com seus pais à Nova York e em seguida à Miami (Foto: Nico Tucci)Nascido na Espanha há 44 anos, Richard Blanco imigrou junto com seus pais à Nova York e em seguida à Miami (Foto: Nico Tucci)
O presidente americano, Barack Obama, escolheu o poeta gay de origem cubana, Richard Blanco, para recitar uma obra durante a cerimônia de posse de seu segundo mandato, informaram nesta quarta-feira os organizadores do evento, que também terá uma apresentação da cantora Beyoncé.

'Blanco será o poeta mais jovem até hoje, e o primeiro hispânico e homossexual, a ser escolhido como Poeta Inaugural', informou o comunicado do Comitê da posse.

'O texto de Richard é perfeito para a posse, e celebrará a força do povo americano e a grande diversidade da nação', declarou Obama.

Nascido na Espanha há 44 anos, Blanco imigrou junto com seus pais à Nova York e em seguida à Miami. Em 1999, largou o emprego de engenheiro consultor para se lançar com sucesso na poesia: sua primeira coletânea, 'City of a Hundred Fires' ganhou um prêmio da Universidade de Pittsburgh.

Sua segunda obra, 'Directions to The Beach of the Dead', levou um prêmio do clube internacional de escritores PEN.

Marcado por sua condição de imigrante e pelo exílio de seus pais, Blanco escreve sobre sua identidade gay, sobre sua inserção na sociedade americana e sobre o que significa o 'sonho americano' no século XXI.

A primeira participação de um poeta na cerimônia de posse presidencial aconteceu em 1961, quando o democrata John F. Kennedy assumiu o poder. Robert Frost foi o poeta escolhido na ocasião. Em 1993 e 1997, Bill Clinton escolheu Maya Angelou e Miller Williams respectivamente, enquanto que Elizabeth Alexander foi a poetisa de Obama durante sua primeira posse, em 2009.

A cantora Beyoncé no BET Awards, em julho (Foto: Phil McCarten/Reuters)A cantora Beyoncé no BET Awards, em julho
(Foto: Phil McCarten/Reuters)
No plano musical, a estrela americana de R&B e amiga do casal Obama, Beyoncé, interpretará o hino americano diante das milhares de pessoas que devem comparecer à cerimônia de posse de Barack Obama, como anunciado nesta quarta-feira pela organização.

Em cima da plataforma construída especialmente para a ocasião, aos pés do Capitólio e em frente ao parque National Mall, Beyoncé participará de uma das mais antigas tradições americanas.

A jovem Kelly Clarkson, de 30 anos, e James Taylor, de 64 anos, também farão parte das festividades.

Já o menu do almoço com Obama após sua posse também foi divulgado nesta quarta-feira: Lagosta com vinho Rielsing, bisão regado a Merlot e torta de maçã de sobremesa, com brinde de 'Korbel Natural, Special Inaugural Cuvée Champagne' da Califórnia.

A denominação do espumante provocou a ira dos produtores franceses já que o nome 'Champagne' é reservado aos espumantes produzidos na região de Champagne, na França. De acordo com os fabricantes de espumantes do país europeu, o menu deveria informar que se trata de um 'California Champagne'.

"Os Estados Unidos possuem uma falha na sua lei que permite aos produtores que já o faziam em 2006 de continuar usando a palavra 'champagne', mas deveriam dizer 'Champagne da Califórnia' ou 'Champagne americano'", disse Sam Heitner, representante dos produtores franceses em Washington.

 
Encontre-nos no Google+