SP: Travestis e transexuais discutem o mercado de trabalho em Piracicaba

Segundo encontro nacional acontece nesta terça no Engenho Central.
Atualmente, busca de emprego é apontada como desafio para o grupo.


Do Gay1 SP
Comissão organizadora do encontro nacional de travestis em Piracicaba (Foto: Thomaz Fernandes)Comissão organizadora do encontro nacional de travestis em Piracicaba (Foto: Thomaz Fernandes)
A Organização Não-Governamental Glitter promove nesta terça-feira (29) o segundo encontro nacional de travestis e transsexuais no Engenho Central, em Piracicaba (SP), a partir das 19h. O evento vai reunir representantes de instituições e movimentos de diversas regiões do país e deve discutir a inserção do grupo no mercado de trabalho.

A presidente da ONG, Carol Venturine, explicou que o mercado de trabalho é um dos grandes desafios para travestis e transexuais. "Em todo o país há discussões sobre emprego, pois há poucos lugares que aceitam travestis trabalhando ainda hoje", disse.

Carol trabalha em uma lanchonete de Piracicaba, mas disse que foi difícil encontrar um empregador. "Há pouquíssimos lugares em Piracicaba. Foi muito difícil para mim encontrar o emprego que estou", relatou.

Para o evento há convidadas do Rio de Janeiro, do Piauí, do Paraná e do interior de São Paulo. A organização estima que o encontro deve reunir cerca de 100 pessoas. A entrada para o encontro é gratuita e aberta a todos que tiverem interesse em participar.

 
Encontre-nos no Google+