Homem diz ser esfaqueado após se negar a fazer programa com travesti, em GO

Crime aconteceu nesta tarde, em sinaleiro no Setor Ipiranga, em Goiânia.
Segundo a PM, ferimento foi superficial e ele não precisou ir a hospital.


Do Gay1

Um homem de 28 anos foi esfaqueado, na tarde desta quinta-feira (7), após se negar a fazer programa com uma travesti, segundo informações da Polícia Militar. O crime aconteceu por volta das 17h, na região de motéis no Setor Ipiranga, em Goiânia.

De acordo com a PM, o homem alega que passava pelo local, quando parou no sinaleiro e foi abordado por três travestis. Uma delas teria entrado no carro e oferecido o programa. A vítima conta que, ao negar a oferta, uma das travestis o golpeou com uma faca nas proximidades da virilha.

A vítima contou aos PMs que as três agressoras fugiram. Atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu), o homem teve ferimento superficial e não precisou ser levado ao hospital. Ele não soube informar à polícia as características da agressora e nem porque a porta do carro estava aberta.

 
Encontre-nos no Google+