Novo Papa lutou fortemente contra o casamento igualitário na Argentina: 'obra de satanás'

Papa Francisco foi duramente criticado por Cristina Kirchner que comparou o discurso dele aos dos tempos medievais e da inquisição.

Do Gay1 Mundo
A Argentina se tornou o primeiro país latino-americano a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Papa Francisco foi duramente criticado por Cristina Kirchner, quando disse que as crianças adotadas por casais do mesmo sexo eram discriminadas. A presidente comparou o discurso dele aos dos tempos medievais e da inquisição. Jorge Mario Bergoglio também falou que o casamento igualitário é obra de satanás e que fere 'gravemente a família' (Foto: Gregorio Borgia/AP)A Argentina se tornou o primeiro país latino-americano a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Papa Francisco foi duramente criticado por Cristina Kirchner, quando disse que as crianças adotadas por casais do mesmo sexo eram discriminadas. A presidente comparou o discurso dele aos dos tempos medievais e da inquisição. Jorge Mario Bergoglio também falou que o casamento igualitário é obra de satanás e que fere 'gravemente a família' (Foto: Gregorio Borgia/AP)

 
Encontre-nos no Google+