Thammy Gretchen diz que a mãe a levou num pastor, que tentou exorcizá-la: 'Só queria que ele parasse de cuspir em mim'

Por Carla Bittencourt, do Telinha

Thammy Miranda no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro (Foto: Henrique Oliveira / FotoRioNews)Thammy Miranda no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro (Foto: Henrique Oliveira / FotoRioNews)
Num cenário idêntico ao do programa "Na moral", Pedro Bial entrevistou a atriz Thammy Gretchen no lançamento da nova programação da TV Globo. Durante a conversa com o apresentador, ela falou que sua mãe, Gretchen, a levou um pastor evangélico quando soube que ela era lésbica.

"Era para me exorcizar e tirar o espírito de mim. E eu sou queria q ele parasse de me chacoalhar e de cuspir em mim. Mas eu nasci assim. Não tenho uma opção sexual, tenho uma condição sexual. Se eu pudesse escolher, eu escolheria não sofrer preconceito e ser entre aspas uma pessoa normal" declarou ela.
 
Encontre-nos no Google+