Wagner Moura diz que é 'de cortar o coração' a eleição do pastor Marco Feliciano

Do Gay1 Entretenimento

Wagner Moura durante o programa “Estúdio I”, da Globo News (Foto: Reprodução/Globo News)Wagner Moura durante o programa “Estúdio I” (Foto: Reprodução/Globo News)
O ator Wagner Moura desabafou sobre a eleição do pastor Marco Feliciano para a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, em Brasília. Durante o programa “Estúdio I”, da Globo News ele criticou a escolha do deputado-pastor e disse:

“Levar o legislativo ao descrédito público ao eleger um sujeito daquele que é notadamente homofóbico e racista é de cortar o coração. É fazer isso e dizer que não se importa com o que o povo está pensando”.

Wagner se disse indignado com a falta de “vergonha na cara” dos deputados em acharem que a população não estaria de olho no que eles estão fazendo.
 
Encontre-nos no Google+