Hollande diz que casamento igualitário acompanha 'evolução' da sociedade

Na terça-feira, a França se tornou o 14º a aprovar uma lei.
Durante a votação, 331 deputados votaram a favor e 225 contra.


Da Agência Efe
Hollande disse que casamento gay acompanha 'evolução' da sociedade (Foto: Lionel Bonaventure/AFP)Hollande disse que casamento acompanha 'evolução' da sociedade (Foto: Lionel Bonaventure/AFP)
O presidente da França, François Hollande, afirmou nesta quarta-feira (24) que a autorização do casamento e a adoção a casais do mesmo sexo acompanha a "a evolução" da sociedade rumo a "mais liberdade e mais igualdade".

O chefe do Estado francês tomou a palavra no Palácio do Eliseu no dia seguinte ao que o Parlamento francês aprovasse definitivamente a união em casamento de casais do mesmo sexo.

Os parlamentares de esquerda, essencialmente, aprovaram na terça-feira o texto, uma promessa eleitoral de Hollande que foi debatida durante vários meses na Assembleia Nacional e no Senado, acompanhado de manifestações a favor e contra nas ruas.

"O debate foi longo, às vezes considerado longo demais. Eu não acho", disse Hollande, que acredita que "todas as opiniões são respeitáveis' e, portanto, é preciso 'respeitá-las".

Falta o veredicto do Conselho Constitucional, instituição perante a qual a oposição conservadora da União por um Movimento Popular (UMP) recorreu para tentar tombar o projeto aprovado no Parlamento.

"Tão logo se pronuncie, sancionarei a lei", declarou Hollande, que chegou ao Palácio do Eliseu acompanhado pela ministra da Justiça, Christiane Taubira, artífice do texto que equipara os direitos na França de heterossexuais e homossexuais frente ao casamento e à adoção.

Superado o trâmite parlamentar que permitirá o casamento entre pessoas do mesmo sexo, Hollande chamou os cidadãos franceses a se concentrarem sobre o que é "essencial", a saber, "o emprego, a recuperação e a confiança", disse.

 
Encontre-nos no Google+