Representante de Tarauacá vence o Miss Acre Gay 2013

Mel Lins irá representar o Acre no Miss Brasil Gay em Juiz de Fora (MG).
Cinco candidatas disputaram o título.


Por Rayssa Natani
Mel Lins venceu o concurso (Foto: Evandro Derze/Assessoria FGB)Mel Lins venceu o concurso e irá representar o Acre no Miss Brasil Gay (Foto: Evandro Derze/Assessoria FGB)
A representante da cidade de Tarauacá, interior do Acre, foi a vencedora da 13ª edição do Miss Acre Gay. Mel Lins, de 27 anos, irá representar o estado no Miss Brasil Gay, no mês de agosto em Juiz de Fora (MG).

Para a eleita, o concurso teve valor especial por ter tido a presença da mãe. "Mostrei que tinha postura e elegância. A única emoção que senti foi porque minha mãe estava lá, pois, ela nunca havia me aceitado. Agora vou dar o melhor de mim para representar todos os gays do Acre e quero trazer o prêmio para o estado", conta.

A 13ª edição do Miss Acre Gay ocorreu no sábado (27), na Boate Help, localizada na Gameleira. Cinco candidatas disputaram o título, entre elas representantes dos municípios de Acrelândia, Cruzeiro do Sul, Sena Madureira, Tarauacá e Rio Branco.

Priscila Rios de Acrelândia ficou em segundo lugar e Paulina Martins de Rio Branco em terceiro. "Foi bom, com atrações de gogo boys, deu pra superar as expectativas." disse Cíntia Dourados, organizadora do evento.

Cíntia ressalta que realizar um concurso voltado ao público LGBT é muito difícil. "A gente não tem muito apoio, tanto que não saiu lucro nenhum da bilheteria. Há uma dificuldade imensa pela questão do preconceito, mas nosso incentivo é poder mostrar a beleza do público gay de Rio Branco, e ter um pouco mais de olhar humano para gente. O que a gente busca é ter direitos e deveres iguais", conclui.

 
Encontre-nos no Google+