Tribunal ucraniano proíbe Parada do Orgulho LGBT em Kiev

Agência EFE

Um tribunal de Kiev proibiu nesta quinta-feira, a pedido da Prefeitura, a realização de uma Parada do Orgulho LGBT convocada para o próximo sábado na capital ucraniana.

A decisão judicial, segundo o jornal digital 'Korrespondent.net', proíbe além disso a realização de qualquer ato público que não faça parte do programa oficial do Dia da Cidade, que Kiev celebra neste ano em 25 de maio.

Ativistas do KievPride-2013, a organização que convoca a marcha, anunciaram o propósito de recorrer à proibição em instâncias judiciais superiores.

Caso o recurso não prospere, a Kiev-Pride-2013 desconvocará a marcha.

'Não vamos atuar fora da lei. Estamos dispostos a colaborar com as autoridades e a polícia', disse um porta-voz dessa organização.

 
Encontre-nos no Google+