Ativistas fazem manifestação contra projeto que autoriza igrejas a vetar LGBTs

Texto aprovado na comissão de Direitos Humanos da Câmara livra templos de serem enquadrados em crime de discriminação.

Publicado em 22/10/13 às 01:55

Por Hernanny Queiroz

Nesta quinta feira, 24, ativistas lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais farão uma manifestação às 16h em frente a Catedral de Brasília contra o projeto de lei aprovado na última quarta-feira, 16, em sessão presidida pelo pastor e deputado Marco Feliciano (PSC-SP) que livra templos e igrejas de serem enquadrados no crime de discriminação se vetarem a presença de "cidadãos que violem seus valores, doutrinas, crenças e liturgias".

O texto segue para a Comissão de Constituição e Justiça, antes de ir a plenário e ao Senado.

O projeto pretende alterar o artigo 20 da lei 7.716, de 1986, que prevê pena de 1 a 3 anos de prisão para quem "induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional."
 
Encontre-nos no Google+