Parada do Orgulho LGBT do Rio deverá reunir 1 milhão de pessoas em Copacabana

Policiamento contará com 400 PMs e 200 seguranças particulares. Evento vai lembrar casos de violência contra LGBTs em 2012.

Publicado em 11/10/13 às 20:53

Do Gay1

Foto: Alexandre Durão

Parada do Orgulho LGBT reuniu multidão em Copacabana em 2012.
A 18ª Parada do Orgulho LGBT deverá reunir um milhão de pessoas na orla de Copacabana no domingo (13). Este ano, a Parada terá a trilha sonora da bateria da Estação Primeira de Mangueira, que ficará no último trio elétrico da festa. A Avenida Atlântica será interditada nos dois sentidos, a partir das 14h, entre a Rua Joaquim Nabuco e Avenida Prado Júnior.

A Parada LGBT receberá público de todo o país. Entre eles Danilo Machado, que vai pegar um ônibus no terminal rodoviário de Araruama, na Região dos Lagos, até o Rio para participar do evento, que começa às 14h. Esta será a sétima vez que ele participa da Parada.

"Além da festa tem a parte política, que é lutar pelos direitos. A parte da militância tem um valor importante também. Acho que temos que aproveitar o gás dos protestos. A questão do preconceito melhorou bastante nos últimos dez anos”, afirmou Danilo.

Entre as pautas da Parada de domingo estarão o reconhecimento da união civil entre pessoas do mesmo sexo e a lembrança dos aproximadamente 4,9 mil LGBT que sofreram violência por orientação sexual ou identidade de gênero em 2012. A Parada contará com 15 trios elétricos.

O policiamento do evento será feito por 400 PMs e 200 seguranças particulares contratados pela organização do evento. Serão, ao todo, três postos de saúde e 10 ambulâncias para atender problemas médicos. Quem quiser ir ao banheiro, terá 200 banheiros químicos à disposição.

Esquema de trânsito
A Prefeitura do Rio divulgou o esquema especial de trânsito para a 18ª Parada do Orgulho LGBT, no domingo (13), em Copacabana, Zona Sul do Rio. As alterações serão feitas em etapas, a começar às 21h de sexta-feira (11). As mudanças ficarão em vigor até o fim do evento, previsto para 23h. A prefeitura recomenda que o público e moradores utilizem transporte público e evitem circular de carro.

O estacionamento de veículos estará proibido nos dois lados da Avenida Nossa Senhora de Copacabana, a partir da Rua Miguel Lemos, desde 21h de sexta-feira até o mesmo horário de domingo.

A pista da Praia da Avenida Atlântica será fechada a partir de 23h55 de sábado (12), no trecho entre as ruas Francisco Otaviano e Miguel Lemos para a concentração de caminhões da Parada. A via poderá ser acessada a partir da Rua Miguel Lemos, em direção ao Leme. A partir de 7h de domingo a via será interditada até a Avenida Prado Junior, como já ocorre em domingos e feriados.

A pista junto aos prédios da Avenida Atlântica será fechada entre a Rua Joaquim Nabuco e Avenida Prado Junior a partir das 14h. A abertura das vias estará condicionada à dispersão do público e limpeza das vias pela Comlurb.
 
Encontre-nos no Google+