13ª edição da Parada do Orgulho LGBT de Alagoas atrai multidão à orla de Pajuçara

Evento contou com dois trios elétricos e policiamento reforçado. Grupos sociais carregaram faixas de protesto contra homofobia.

Publicado em 25/11/13 às 13:17

Por Natália Souza

Em clima de festa e protesto, milhares de pessoas foram à orla de Maceió para participar da 13ª Parada do Orgulho LGBT da capital alagoana, na tarde deste domingo (24). Com faixas, fantasias e música eletrônica, a parada atraiu a atenção de moradores da vizinhança e de turistas que passeavam nas praias da capital.

Foto: Natália Souza

Parada do Orgulho LGBT atraiu mais de 15 mil pessoas à orla de Maceió.
A expectativa para a parada começou há uma semana para o servidor público Arthur Silva, 35. "Eu já vinha me preparando durante a semana. Todo ano participo e venho com um grupo de amigos para dançar, beber e me divertir. Adoro porque é uma festa democrática, onde nós podemos ser nós mesmos sem o julgamento de ninguém. Mas isso deveria ser todo dia e em qualquer lugar", disse animado.

As aposentadas Elza Maria, 60, e Vilany Faria, 80, todo ano acompanham a passagem do evento na orla. "Moramos na Rua Quintino Bocaiuva e todo ano nós ficamos aqui olhando. É muito animado, colorido e não temos nada contra eles", afirmou Elza.

Foto: Natália Souza

Estudante foi à passeata para protestar contra crimes homofóbicos.
Diversão para uns, protesto para outros. O estudante Helder Lucas Fernandes, que integra o Grupo Gay de Alagoas (GGAL) foi sozinho com uma placa de protesto contra homofobia. "Eu participava das paradas, mas parei de vir por um tempo, porque não adiantava. Não há manifestação política, é só festa e isso não resolve. Mas esse ano voltei a protestar. Nosso estado é o que mais possui registros de crimes contra gays", afirmou.

Dois integrantes do Movimento Urso de Pernambuco, vieram a Maceió só para participar da Parada. "Nós fazemos um trabalho social, conscientizamos as pessoas contra a homofobia. Conscientizamos de que somos gays, mas não precisamos nos prostituir ou nos drogar", afirmou o pernambucano Sérgio Araújo.

Foto: Natália Souza

Integrantes do Movimento Urso de PE vieram à Parada do Orgulho LGBT em Maceió.
A passeata teve início em frente ao Clube do CRB e foi até o Hotel Sete Coqueiros, no bairro de Pajuçara. Segundo a Polícia Militar de Alagoas, cerca de 15 mil pessoas estiveram presentes e o evento ocorreu tranquilamente.

Além de reforço do Batalhão de Polícia Escolar, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Rádiopatrulha e da Superintendência Municipal Transportes e Trânsito (SMTT), servidores da prefeitura realizavam a limpeza da avenida durante a passagem dos trios elétricos.
 
Encontre-nos no Google+