Casal de lésbicas processa estado de Idaho por não reconhecer união

Amber Beierle e Rachael Robertson vivem juntas há três anos. Elas contestam lei estadual que proíbe o casamento igualitário.

Publicado em 10/11/13 às 12:51

Do Gay1, com agências internacionais

Foto: Todd Dvorak/AP

Amber Beierle e Rachael Robertson entraram com um processo contra o estado de Idaho (EUA) por conta de uma lei estadual que proíbe o casamento entre pessoas do mesmo sexo.
As americanas Amber Beierle e Rachael Robertson entraram com um processo contra o estado de Idaho (EUA) por conta de uma lei estadual que proíbe o casamento igualitário.

Elas também contestam a recusa do Estado em reconhece casais do mesmo sexo que se casaram legalmente em outros estados.

Amber Beierle e Rachael Robertson, que moram em Boise, Idaho, vivem juntas há três anos.

Além de Amber e Rachael, outros três casais do mesmo sexo entraram com ação contra o estado de Idaho.

Entre eles estão Sue Latta e Traci Ehlers, que se casaram em 2008 na Califórnia, e Lori e Sharene Watsen, que se casaram em 2011 em Nova York. As uniões, porém, não são reconhecidas por Idaho.
 
Encontre-nos no Google+