Casal gay é agredido no centro de São Paulo e agressores são liberados

Segundo as vítimas, um dos agressores utilizava uma mochila para bater.

Publicado em 06/11/13 às 10:54

Do Gay1 SP

Foto: Avener Prado/Folhapress

Armas apreendidas com suspeitos de agredir casal gay no centro de São Paulo.
Um casal de gays de 35 e 23 anos foram agredidos por ao menos dez pessoas na rua Augusta, na Consolação, região central de São Paulo, por volta das 4h desta quarta-feira.

As vítimas disseram à polícia que estavam se despedindo com um beijo em frente a um bar quando começaram a ser agredidas por um grupo de skinheads. Segundo as vítimas, um dos agressores utilizava uma mochila para bater.

Os dois agredidos tiveram ferimentos na cabeça e foram levados ao pronto-socorro da Santa Casa de São Paulo, onde foram atendidos e liberados.

Apesar da dificuldade das vítimas em descrever os agressores, os policiais conseguiram deter três homens e uma mulher suspeitos na avenida Augusta.

Com os suspeitos detidos foram apreendidos uma madeira com pregos na ponta, duas facas, um canivete e uma arma de artes marciais chamada de nunchacku (dois bastões unidos por uma corda ou corrente).

Segundo a Polícia Militar, os homens detidos são carecas, um deles tem uma tatuagem na cabeça e outro uma no peito escrito skinhead. As facas estavam escondidas na bolsa da mulher detida, segundo a PM.

O casal reconheceu os agressores, mas preferiu não denunciá-los e foram liberados.
 
Encontre-nos no Google+