Organização quer levar 'Jogos Gays' para a Rússia após Sochi 2014

Intenção de grupo é celebrar evento alguns dias depois dos Jogos de Inverno.

Publicado em 15/11/13 às 14:31

Do Gay1 Esportes

Foto: Getty Images

A intenção divulgada pela associação é de "celebrar" a abertura dos 'Jogos Gays' no dia 26 de fevereiro.
Uma organização russa que luta pela igualdade de direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais anunciou, nesta terça, a intenção de organizar os 'Jogos Gays' na cidade de Moscou, logo após as Olimpíadas de Inverno de Sochi, também na Rússia, em fevereiro. O evento teria como principal objetivo atrair apoio para a causa LGBT, sobretudo diante da polêmica envolvendo a lei 'antigay' russa.

"É um projeto grande, que nunca organizamos até hoje. Buscamos captar atenção. Esperamos atrair a atenção dos atletas e todos que vão cobrir os Jogos de Sochi" declarou a presidente da federação desportiva LGBT, Elvina Yuvakaieva, à agência de notícias AP.

A intenção divulgada pela associação é de "celebrar" a abertura dos 'Jogos Gays' no dia 26 de fevereiro, três dias depois do fim dos Jogos Olímpicos de Sochi. O evento duraria até o dia 2 de março. A primeira edição destes jogos aconteceu em San Francisco, Nos Estados Unidos, em 1982. O ex-saltador de trampolim Greg Louganis, prometeu competir no evento de Moscou.

Recentemente, o presidente russo, Vladimir Putin, minimizou a polêmica envolvendo a lei 'antigay' do país. Em entrevista à imprensa internacional, ele garantiu que todos os atletas e torcedores, inclusive LGBTs, serão bem recebidos nos Jogos de Inverno de fevereiro.

"Vamos fazer de tudo para ter certeza de que atletas, fãs e convidados se sintam confortáveis ​​nos Jogos Olímpicos, independentemente da sua etnia, raça ou orientação sexual" disse Putin em visita ao Comitê Olímpico Internacional (COI).
 
Encontre-nos no Google+