Porto Alegre recebe 4ª edição do festival nacional de cinema da diversidade sexual

A quarta edição do festival apresenta um panorama da produção cinematográfica com foco na Diversidade Sexual.

Publicado em 27/11/13 às 01:20

Divulgação

Foto: Divulgação

Matheus tem duas mães. Sua mãe número 1 entra em crise ao ver os seus desenhos. "O Olho e o Zarolho" é uma fábula sobre a família moderna e faz parte da programação do festival.
O CLOSE – Festival Nacional de Cinema da Diversidade Sexual acontece do 03 a 08 de dezembro, em exibições no Cinebancários e no Museu dos Direitos Humanos do Mercosul. O evento é uma co-realização da Avante Filmes, SOMOS – Comunicação, Saúde e Sexualidade e Museu dos Direitos Humanos do Mercosul.

Ano após ano, o festival tem crescido e se modificado. Embora tenha sua temática focada na diversidade sexual, a qualidade de sua programação tem se direcionado cada vez mais pelo valor artístico das obras, característica norteadora do evento. Da mesma forma, o público do CLOSE vem crescendo em significativas proporções, fidelizando mais frequentadores e envolvendo-se cada vez mais com a cidade.

No último ano, a produção cinematográfica brasileira que aborda temáticas LGBT ou queer art apresentou um crescimento surpreendente, promovendo o lançamento de um grande número de títulos de qualidade, com uma diversidade temática e de gêneros que floreiam a massa fílmica atual. Por esta razão, na programação do CLOSE 2013, o destaque é o cinema nacional apresentando títulos como os longas Doce Amianto, de Guto Parente e Uirá dos Reis e Pinta, de Jorge Alencar.

Foto: Divulgação

O longa “São Paulo em Hi-Fi”, dirigido por Lufe Steffen, que esmiúça a noite LGBT de São Paulo nas décadas de 60,70 e 80, principalmente a boate Medieval, na Rua Augusta, um cabaré inacreditável que pertenceu à empresária Elisa Mascaro.
Outro destaque são as produções ligadas à memória e à valorização de figuras, espaços e lugares representativos para a cultura LGBT, em produções ficcionais como Joshua Tree, 1951 – A Portrait of James Dean, de Matthew Mishory, sobre a vida de James Dean e documentais como e os filmes De Volta à Pauliceia Desvairada de São Paulo em HI-FI, de Lufe Steffen, sobre a cena LGBT paulista nas décadas de 60 a 80, e na atualidade.

A programação ainda conta com a Mostra Competitiva, apresentando 10 filmes brasileiros de curta-metragem, selecionados pelo curador Marcus Mello, concorrendo a premiações em 11 categorias.

A sessão de abertura acontece no dia 03 de dezembro, terça-feira, às 19h, no Cinebancários, com a exibição do longa gaúcho Sobre Sete Ondas Verdes e Espumantes, de Bruno Polidoro e Cacá Nazário, sobre a vida e obra do escritor Caio Fernando Abreu.

Todas as atividades são gratuitas, com distribuição de senhas a partir de uma hora antes de cada sessão. A programação completa pode ser conferida no site do evento www.somos.org.br/close e na fanpage www.facebook.com/festivalclose.
 
Encontre-nos no Google+