Collins se torna o primeiro jogador gay a disputar uma partida da NBA

"Ele se tornou um ícone" resumiu Pau Gasol, do Lakers.

Publicado em 24/02/14 às 09:50

Lancepress

Foto: Gety Images

Jason Collins durante parada do orgulho LGBT.
A NBA teve uma noite histórica neste domingo. Pouco depois de acertar a sua transferência para o Brooklyn Ntes, o pivô Jason Collins entrou em quadra na vitória contra o Los Angeles Lakers, por 108 a 102, e anotou seu nome na história do basquete. Isso porque ele se tornou o primeiro atleta assumidamente gay a disputar uma partida oficial em uma das quatro grandes ligas americanas do esporte.

Em Los Angeles, Collins, de 35 anos, jogou por dez minutos e não registrou nenhum ponto, mas pegou dois rebotes. Com 30 pontos, o armador Deron Williams foi o nome do jogo. Mas o assunto foi mesmo Jason Collins.

"Ele se tornou um ícone" resumiu Pau Gasol, do Lakers.

Vale lembrar que Collins saiu do armário no início de 2013, quando tinha contrato com o Washington Wizards. Contudo, ele não chegou a entrar em quadra pela franquia da capital depois do anúncio.

Esta foi a 26ª vitória do Brooklyn em 54 jogos na temporada. A franquia de Nova York ocupa a sexta posição na Conferêcia Leste. Já O Lakers sofre a 37ª derrota em 56 jogos e é o lanterna do lado oeste.
 
Encontre-nos no Google+