Embaixadas hasteiam bandeira LGBT pelo Dia Internacional Contra a Homofobia

Data foi escolhida lembrando-se da exclusão da Homossexualidade da CID da Organização Mundial da Saúde (OMS) em 17 de maio de 1990.

Publicado em 17/05/14 às 11:15

Do Gay1

Foto: Weldson Medeiros

Fachada da Embaixada da Holanda em Brasília, com a bandeira LGBT (esq.) hasteada ao lado da do país.
As embaixadas de Holanda, Reino Unido, Bélgica, Finlândia, Suécia e a representação da União Europeia em Brasília ergueram a bandeira do movimento LGBT ao lado da bandeira dos países. O motivo foi a comemoração do Dia Internacional Contra a Homofobia, 17 de maio, data celebrada desde 2004.

Foto: Renato Pattini/Embaixada Britânica

A bandeira LGBT (esq.) hasteada ao lado da do Reino Unido na embaixada britânica.
O hasteamento da bandeira começou no ano passado, por iniciativa da Embaixada da Holanda e teve a adesão de outros países.

Segundo a embaixada holandesa, o objetivo é reafirmar o compromisso desses países de defender a igualdade e lutar contra discriminação da orientação sexual e identidades de gêneros.

O vice-embaixador da Holanda, Paul Zwetsloot, disse na última quarta (14), em discurso na abertura de uma exposição de fotografias cujo tema era o combate à homofobia, que o país enfrenta o "bullying homofóbico". Segundo ele, isso tem provocado aumento da taxa de suicídio entre jovens lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

O vice-embaixador do Reino Unido, Jonathan Dunn, disse que a ocasião é mais uma oportunidade de "celebrar" a diversidade. “Avaliamos [a iniciativa] como ótima. Todos nós somos iguais e não se deve discriminar pela forma diferente de pensar e agir[...] Pretendemos todos os anos marcar o dia de alguma forma”, disse.

Foto: Reprodução/Correio Braziliense

Funcionários da Embaixada do Reino Unido também se coloriram nas camisetas para marcar a data.
 
Encontre-nos no Google+