Segundo estudo, 93% dos homens héteros já dormiram de conchinha com outro homem

E cerca de 98% já dividiram a cama com alguém do mesmos sexo.

Publicado em 12/05/14 às 10:54

Por Wendy Candido

Foto: Reprodução

Com a diminuição da homofobia nos últimos anos, os homens heterossexuais têm agido de forma "mais suave" do que os de gerações mais velhas.
O mundo, realmente, está mudando e isso é muito bom. Um estudo britânico sobre mudanças nos hábitos sociais de homens heterossexuais revelou que 93% dos homens heterossexuais já ficou em um dos lados da conchinha com outro homem e cerca de 98% já dividiram a cama com alguém do mesmos sexo.

Para Mark McComarck, da Universidade de Durham e co-autor da pesquisa, com a diminuição da homofobia nos últimos anos, os homens heterossexuais têm agido de forma "mais suave" do que os de gerações mais velhas.

"Nós sabíamos que eles [os homens heterossexuais] estavam se abraçando e fazendo conchinhas, e queríamos entender este fenômeno com mais detalhes. Qual é o ganho desses homens que rejeitam a homofobia de suas gerações anteriores?", disse McComarck em entrevista ao The Huffington Post.

Para chegar nesse resultado, 40 jovens atletas, de diferentes nacionalidades, do sexo masculino foram entrevistados. A maioria deles afirmou que dividir a cama não é requisito para uma amizade íntima.

"Eles não percebem que isso é algo que os homens mais velhos achariam chocante. São as gerações mais velhas que pensam que os homens mais carinhosos é um tabu", finalizou o pesquisador.

Matt, um dos héteros que participaram da pesquisa, explicou sua relação com Connor e disse se sentir bastante confortável com o amigo.

O sentimento anti-gay ainda existe, mas muitos homens não parecem se importar e se expressam da maneira que acham melhor. Isso mostra que as gerações mais jovens estão se tornando cada vez mais abertas e receptivas.
 
Encontre-nos no Google+