Luxemburgo aprova casamento e adoção entre pessoas do mesmo sexo

Projeto passou por ampla maioria de 56 votos contra 4. Texto também permite que casais do mesmo sexo adotem crianças.

Publicado em 18/06/14 às 15:15

Da France Presse

Foto: Reprodução

Luxemburgo reconheceu em 2004 o direito à união civil para casais do mesmo sexo e agora é o 11º europeu a reconhecer o casamento igualitário.
Luxemburgo aprovou nesta quarta-feira (18) o casamento e adoção para casais do mesmo sexo, seguindo a tendência de outros países europeus.

O projeto de lei, que estabelece que 'duas pessoas de sexos diferentes ou do mesmo sexo podem se casar', foi aprovado por uma ampla maioria de 56 votos contra quatro. Texto também permite que casais do mesmo sexo adotem crianças, o que era um dos pontos mais polêmicos do texto.

"Luxemburgo vai se tornar mais inclusivo e justo", declarou após o debate na Câmara dos Deputados o ministro da Justiça Felix Braz.

Esse país de tradição católica, que em 2004 reconheceu o direito à união civil para casais do mesmo sexo, é o 11º europeu a reconhecer o casamento igualitário, depois da Holanda (2001), Bélgica (2003), Espanha (2005), Suécia e Noruega (2009), Portugal e Islândia (2010), Dinamarca (2012) e França e Grã-Bretanha (2013).

Os primeiros casamentos entre pessoas do mesmo sexo devem ser celebrados no início de 2015, já que a lei entrará em vigor seis meses após a votação.
 
Encontre-nos no Google+