Americano com HIV é acusado de contaminar de propósito 24 parceiros

Homem, 29, foi indiciado pela promotoria da cidade de San Diego pelo crime de expor indivíduos a doença infecciosa.

Publicado em 29/08/14 às 17:20

Do Gay1

Um morador de San Diego, na Califórnia (EUA), portador do vírus da Aids, é acusado de infectar 24 homens propositalmente ao praticar sexo com eles sem proteção. Pelo menos dois ex-parceiros confirmaram ter contraído a doença.

Thomas Guerra, 29, também conhecido como Ashton Chavez, foi indiciado pela promotoria da cidade de San Diego pelo delito de expor indivíduos a doença infecciosa, que pode resultar em até seis meses de prisão e multa de US$ 1.000. Porém, os promotores afirmam que mais acusações poderão ser apresentadas caso mais vítimas fizerem denúncias contra Guerra.

Segundo o canal "CBS News 8", o atual namorado de Guerra, que não teve o nome divulgado, ficou chocado ao achar centenas de mensagens de texto no celular em que o soropositivo se gabava em infectar outras pessoas. Ele foi alertado pelo ex-parceiro de Guerra que fez a denúncia à promotoria de San Diego.

"Em algumas mensagens ele dizia não ter o vírus e, em outras, ele se vangloriava por dar às pessoas sua 'carga positiva'. É cruel, é... não sei como alguém pode tratar outro indivíduo dessa maneira", disse o namorado de Guerra.

O namoro de um ano foi terminado. "Ele é alguém que eu amava, amava sua família, passei inúmeros feriados com sua família, ele esteve em casa com a minha família. Era alguém com quem eu esperava passar o restante da minha vida", lamenta. Uma audiência sobre o caso deve ocorrer na próxima semana.
 
Encontre-nos no Google+