Lésbicas se casam após 70 anos de namoro nos Estados Unidos

Vivian Boyack e Alice Dubes dizem que 'nunca é tarde demais'. Com a presença de amigos e parentes, cerimônia foi realizada em Iowa.

Publicado em 08/09/14 às 22:12

Da AP

Foto: AP Photo/The Quad City Times, Thomas Geyer

Vivian Boyack (esquerda) e Alice Dubes, durante a cerimônia de seu casamento, celebrada pela reverenda Linda Hunsaker (direita)
Mais de sete décadas depois de começarem a namorar, Vivian Boyack e Alice “Nonie” Dubes se casaram. Boyack, de 91 anos, e Dubes, de 90 anos, se uniram em uma cerimônia no sábado (6), em Davenport, no estado de Iowa, nos Estados Unidos. Ambas assistiram à celebração em cadeiras de rodas.

“Esta é a celebração de algo que deveria ter acontecido há muito tempo”, disse a reverenda Linda Sunsaker ao pequeno grupo de amigos e familiares que presenciaram a cerimônia.

As mulheres se conheceram quando ainda eram adolescentes em Yale, Iowa, e se mudaram juntas para Davenport em 1947, onde Boyack trabalhou como professora e Dubes se tornou bancária.

Foto: AP Photo/The Quad City Times, Thomas Geyer

Vivian Boyack e Alice Dubes exibem suas alianças após o casamento.
Dubes disse que as duas aproveitaram bastante a vida juntas, e ao longo dos anos viajaram por todos os 50 estados do país e todas as províncias do Canadá, além de visitarem a Inglaterra duas vezes. “Nós nos divertimos”, afirmou.

Já Boyack comentou que é preciso muito amor e esforço para manter um relacionamento durante 72 anos.

Um dos convidados da cerimônia, Jerry Yeast é amigo do casal desde que era um adolescente e trabalhou como jardineiro na casa delas. “Conheci essas duas mulheres minha vida toda, e posso lhe garantir, elas são especiais”, disse.

O estado de Iowa passou a permitir o casamento entre pessoas do mesmo sexo em 2009. Sobre a decisão de finalmente se unirem legalmente, as duas mulheres disseram que nunca é tarde demais para um novo capítulo na vida.
 
Encontre-nos no Google+