Revista 'Gay Times' elege ex-primeiro-ministro Tony Blair 'ícone gay'

'Status de embaixador dos direitos homossexuais é inegável', diz edição especial em homenagem a ex-premiê.

Publicado em 26/09/14 às 10:38

Do Gay1

Foto: AP Photo

O ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair.
O ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair foi designado pela revista "Gay Times" como um dos mais importantes "ícones gays" dos últimos 30 anos, em reconhecimento por seu trabalho a favor dos direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

Gay Times lançou uma edição especial nesta sexta-feira (26) em homenagem a Blair, por ocasião do 30º aniversário da publicação.

O trabalhista Tony Blair, 61 anos, obteve uma contundente vitória nas eleições legislativas de 1997 e dirigiu o governo britânico durante uma década.

Durante seu governo, Blair introduziu na legislação britânica a união civil (civil partnership), igualou a maioridade sexual entre pessoas do mesmo sexo e sexo opostos, e aboliu a 'Section 28', lei que proibia às autoridades 'promover a homossexualidade'.

Blair também promoveu o 'reconhecimento legal das/dos transexuais', a proibição de demissões por orientação sexual e a condenação da homofobia.

"Seu status de embaixador dos direitos dos homossexuais é inegável", afirma a revista.

Blair festejou sua designação como ícone gay afirmando que está orgulhoso de seu trabalho pelos direitos LGBT, que considera parte de sua herança para o Reino Unido.
 
Encontre-nos no Google+