Após milhares de downloads, Google tira do ar jogo para matar gays

No aplicativo, um caçador corria atrás de gays nus e tinha a missão de matar o máximo deles possível.

Publicado em 24/11/14 às 17:45

Do GayTec

Foto: Reprodução

NO JOGO, USUÁRIO TEM QUE "CAÇAR GAYS".
Um aplicativo que incentivava jogadores a dispararem contra homossexuais nus foi retirado da Google Play Store na manhã desta segunda-feira (24/11) - mas só depois de milhares de usuários terem baixado o jogo.

Batizado como "Hunter Ass", o game já existia em outros sites há mais de uma década, mas apareceu na Google Play apenas neste mês. "Play and do not be gay" (jogue e não seja gay), dizia a descrição na loja de apps.

No jogo, o usuário controla um caçador armado com uma espingarda. Em cada nível, ele tem a tarefa de matar um determinado número de gays nus. Se você falha, o homem nu salta sobre o caçador e uma nuvem de poeira aparece — dando a entender que o alvo iria assediá-lo.

O jogo teve mais de 10 mil downloads antes de ser derrubado — e avaliações de cinco estrelas. Antes de serem publicados na Play Store, os aplicativos não passam por um processo de revisão. Os desenvolvedores simplesmente têm de concordar com as diretrizes de conteúdo do Google. É diferente da Apple, em que o processo de revisão pode levar de oito a dez dias úteis.

A política para desenvolvedores do Google diz: "Não permitimos conteúdo que promova ou seja condescendente com a violência contra indivíduos ou grupos com base em raça ou origem étnica, religião, deficiência, sexo, idade, nacionalidade, status de veterano ou orientação sexual/identidade de gênero".

Segundo o Mashable, a empresa não comentou o caso.
 
Encontre-nos no Google+