Jean Wyllys: 'Não tem nexo se vestir de mulher e agredir gays'

Deputado criticou os comentários preconceituosos a respeito do beijo do ator Christiano Cochrane.

Publicado em 17/02/15 às 00:57

Do Gay1

Foto: Reprodução

Jean Wyllys no camarote da Boa nesta segunda-feira, 17.
O deputado federal Jean Wyllys criticou os comentários preconceituosos a respeito do beijo do ator Christiano Cochrane, filho da apresentadora Marília Gabriela, em Salvador. "Quando você lê as postagens preconceituosas das pessoas embaixo da foto nos sites, dá vontade de se matar". E falou ainda dos paradoxos da folia; "É muito sem nexo os caras se vestirem de mulher para curtir o carnaval e, depois, agredirem outro que se veste de mulher o ano inteiro".

Jean falou também sobre a propaganda a favor de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais que é o carnaval. "A festa levanta a questão, sem precisar de panfletagem. Não há carnaval sem gay, desde o maquiador ao carnavalesco, sem generalizar, claro", disse ele.

 
Encontre-nos no Google+