Pitty lembra que lei do feminicídio não contempla travestis e transexuais: 'fico triste'

A presidente Dilma anunciou que sancionará lei que tipifica o feminicídio como crime no Brasil.

Publicado em 09/03/15 às 00:47

Do Gay1

A presidente Dilma Rousseff anunciou neste domingo (8), Dia Internacional da Mulher, em pronunciamento à nação em cadeia nacional de rádio e TV, que sancionará nesta segunda-feira (9), em cerimônia especial no Palácio do Planalto, a lei que tipifica o feminicídio como crime no Brasil. Assim, o assassinato de mulheres decorrente de violência doméstica ou discriminação de gênero será crime hediondo.

Em sua conta no Twitter, a cantora Pitty comemorou o avanço, mas lembrou que a lei não contempla mulheres travestis e transexuais.

 
Encontre-nos no Google+