Com percurso maior, Parada LGBTS de Brasília não será mais no Eixão Sul

18ª edição terá casamento coletivo LGBT em frente ao Congresso Nacional no dia 28 de junho.

Publicado em 17/04/15 às 18:37

Do Gay1

Foto: Divulgação

Em 2014, Parada do Orgulho LGBTS de Brasília reuniu 55 mil pessoas.
A 18ª Parada do Orgulho LGBTS de Brasília, a ser realizada no domingo 28 de junho, terá como tema o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Para tal, a marcha será iniciada por um casamento coletivo igualitário, às 14h, em frente ao Congresso Nacional.

Foto: Divulgação

O slogan da parada é "À igualdade, digo sim" e quer reforçar o direito LGBT.
A organização conta com cerca de 10 casais que já demonstraram interesse na cerimônia. O slogan da parada é "À igualdade, digo sim" e quer reforçar o direito de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais ao casamento, conquistado em 2013 por decisão do Conselho Nacional de Justiça.

A 18ª edição do evento, que reuniu 55 mil pessoas em 2014, voltará a ser realizada na Esplanada dos Ministérios, deixando de ser promovida no Eixão Sul.

O trajeto da parada começa em frente ao Congresso Nacional, inclui o Palácio do Buriti - sede do governo local-, a Câmara Legislativa e termina na Torre de TV.

Em nota, a Associação da Parada do Orgulho LGBTS de Brasília explica a razão do percurso incluir as representações dos poderes Executivo e Legislativo locais, algo nunca feito pela marcha.

"O objetivo é bem claro: reforçar nosso tom de cobrança política tanto nacionalmente quanto localmente. Nos dois níveis, há desafios para a cidadania LGBT, o nome de Deus sendo usado para discriminar, e avanços que precisam ser garantidos."
 
Encontre-nos no Google+