Pizzaria fecha as portas após negar entrega a casal gay e gera repercussão

Pela internet, ativistas fazem críticas.

Publicado em 05/04/15 às 11:39

Do Gay1

Foto: Reprodução/Google Earth

Pizzaria fechou as postas após donos se negarem a atender casal gay.
A pizzaria Memories Pizza, que fica em Walkerton, no estado de Indiana, Estados Unidos, fechou as portas após negar atendimento a um casal de mesmo e ser tachada de “pizzaria anti-gay” no bairro e nas redes sociais. De co-propriedade de Kevin O’Connor e sua filha, Crystal O’Connor, o estabelecimento foi alvo de comentários após dizer não a um casal gay que solicitou a entrega de pizzas em seu casamento. A informação é do site Huffington Post, dos Estados Unidos.

Depois da repercussão, a página da pizzaria na internet recebeu centenas de comentários de represália à atitude e o telefone dos comerciantes não parou de tocar. Eles, no entanto, alegam não ter nada contra LGBTs mas dizem que “o atendimento a casamentos gays vai contra suas crenças”.

“Se um casal gay entrou e queria que nós atendêssemos com pizzas para o seu casamento, eu tinha que dizer não”, disse Crystal ao canal local de televisão ABC 57, e completou: “Somos uma instituição cristã”.

A controversa legislação foi sancionada no último dia 26 pelo governador de Indiana, Mike Pence. A reação à iniciativa foi devastadora, com algumas companhias, inclusive a gigante Apple, propondo boicote e retirada das operações no estado. Pressionados, legisladores locais anunciaram na última quinta-feira que o texto seria alterado, deixando claro que comerciantes não podem usar suas crenças religiosas para discriminar clientes.
 
Encontre-nos no Google+