Candidata representado a Indonésia é eleita Miss Universe Gay em Salvador

Cerimônia teve 19 países representados por candidatas de todo o Brasil. Vencedora assinará contrato com produtora e ganhará viagem internacional.

Publicado em 01/05/15 às 19:47

Do Gay1

Foto: Divulgação/Genilson Coutinho

Cabelereira do Piauí é eleita Miss Universe Gay, em cerimônia realizada em Salvador.

Foto: Divulgação/Genilson Coutinho

Cabelereira do Piauí é eleita Miss Universe Gay, em cerimônia realizada em Salvador.
Foi realizado na noite da última quinta-feira (30), em Salvador, o concurso Miss Universe Gay, que elegeu a mais bela do universo gay. A cerimônia, que ocorreu no Teatro do Acbeu, no bairro da VItória, premiou a Miss Indonésia, representada pela cabeleireira piauense Mila Dias, que assinará um contrato de um ano com a produtora do evento e ganhará uma passagem aérea para Buenos Aires.

No concurso, 19 países foram representados por candidatos de todo o Brasil. Além do Miss Universe, a cerimônia ainda premiou o "Melhor Traje Típico", vencido pela Miss África do Sul; o "Melhor Vestido", vencido pela Miss Curaçao e a Miss Simpatia, vencida pela Miss Quênia. São todas as brasileiras.

A Miss Universe, que tem 24 anos e está na Bahia pela primeira vez, e se disse emocionada.

“É Maravilhoso, eu estou amando tudo. Foi difícil, tiveram muitas candidatas lindas, mas estou muito feliz porque, além do júri, o publico me aclamou”, disse.

O evento acontece desde os anos 70 e contou com apresentações de Bruno Santiago, Michelly Loren, Valerie O'harah e Ashey Cruz, além de performances das artistas Mitta Lux, Rainha Loulou e Carla Helen e Lyza Bom Bom.

Foto: Divulgação/Genilson Coutinho

No concurso, 19 países foram representados por candidatos de todo o Brasil.
 
Encontre-nos no Google+