Em resposta aos discursos de ódio contra LGBTs, hackers invadem site de Feliciano

Site oficial do religioso ostenta imagem e mensagem apoiando os direitos LGBT.

Publicado em 07/06/15 às 22:29

Do Gay1

Foto: Reprodução

Imagem exibida na página do pastor após ataque cibernético.
O site oficial do homofóbico, pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) foi invadido por hackers na tarde desse domingo (7/6). O grupo deixou uma mensagem contra a homofobia na página principal do religioso, que é conhecido por seus discursos de ódio contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, como condenar a união entre pessoas do mesmo sexo, além de ser o autor de projetos de lei como a suposta "cura gay". O ataque ocorre na mesma data da Parada do Orgulho LGBT em São Paulo.

O grupo entitulado ProtoWave utilizou uma imagem de um Jesus Cristo negro, que segura em cada mão uma imagem da cabeça do pastor e um perfume da empresa O Boticário, recentemente criticada por conservadores ao inserir referências a casais do mesmo sexo em sua campanha publicitária. O grupo também inseriu uma sátira da canção I will survive, da cantora Glória Gaynor, que toca quando o internauta acessa o site.
 
Encontre-nos no Google+